Casal impulsiona crescimento profissional de jovens com oportunidades de trabalho

Jovens aprendizes voltam à empresa como estagiários e aprimoram experiência na área escolhida

A Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) abriu nesta semana as inscrições para o concurso de Jovem Aprendiz 2018. Além de oferecer a capacitação profissional para jovens de 14 a 21 anos, a Companhia também permite a oportunidade de estágio em diversas áreas para os jovens que já estão num curso superior.

Após todo o trâmite de contratação de Jovem Aprendiz, o selecionado passa por um curso de aprendizagem no Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) que irá auxiliar nos conhecimentos das atividades que ele irá desenvolver na empresa. Durante esse período, a Casal recebe um relatório de desempenho dos aprendizes, que informa como cada um se saiu nas atividades desenvolvidas em sala de aula.

A supervisora de Treinamento e Desenvolvimento de Pessoal da Companhia, Alexandra Patrícia, conta que esse relatório prediz o desempenho do jovem aprendiz na empresa, pois aqueles que costumam ter rendimento elevado também se destacam ao realizar as atividades na empresa – o que faz com que a Casal tenha o interesse em mantê-lo e encaminhá-lo para o estágio.

Alexandra afirmou que o aproveitamento de aprendizes como estagiários é muito satisfatório, pois eles costumam manter o mesmo rendimento. “O estagiário que já foi jovem aprendiz é mais maduro. Compreende mais o mercado de trabalho em questão de postura e desenvoltura. Por já conhecer a Casal, o funcionamento da empresa, ele se destaca pela segunda vez”, disse.

Felipe Francisco, 21, é um desses casos. Ele prestou concurso de Jovem Aprendiz no ano de 2013, trabalhou na Supervisão de Pessoal e voltou à Casal como estagiário do mesmo setor. Felipe foi aprendiz durante dois anos, e seu desempenho foi tão satisfatório que a supervisão o encaminhou para o estágio assim que o contrato foi encerrado, a fim de aproveitar seu potencial.

Felipe estagiário Sups

“Eu tinha terminado o ensino médio e já cursava o ensino superior, estava à procura do primeiro emprego e decidi prestar o concurso. Foi uma oportunidade muito boa de crescimento, tanto pessoal como profissional. O Jovem Aprendiz acrescentou muito na minha formação, e, agora, no estágio, aprendi mais coisas novas, como o e-social, o novo sistema do governo. O ambiente da empresa é muito bom. Os chefes sempre estão dispostos a tirar dúvidas e compartilhar informações sobre o trabalho”, contou Felipe Francisco.

Weslley Marcell, 22, é outro caso. Ele também prestou concurso em 2013, e, assim como Felipe, se destacou no ambiente profissional. Ele se identificou tanto com o setor onde trabalhou como jovem aprendiz – a Gerência de Contabilidade –  que o motivou a escolher o curso superior na mesma área, Ciências Contábeis.

Weslley estagiário Gecont 3

“O vínculo que eu criei com as pessoas, somado ao trabalho que desenvolvi como jovem aprendiz abriu as portas do estágio. O ambiente aqui é excelente. O aprendizado, o contato com a área e com as pessoas da área fazem a gente crescer cada vez mais”, disse Weslley Marcell.

Concurso Público

No último concurso para Jovem Aprendiz, realizado em 2013, a Casal ofertou na primeira oportunidade 50 vagas, mas, desde então, foram convocadas 262 pessoas que realizaram esse mesmo concurso.

Apesar de alguns convocados não atenderem os requisitos necessários para o preenchimento da vaga, ou acabarem desistindo, as contratações têm um número expressivo referente ao total.